Jorge Jesus ficou sem carta de condução por ter sido apanhado a conduzir a mais de 170 quilómetros por hora, conta o Correio da Manhã.
 
O treinador do Sporting começou por ser condenado a uma inibição de guiar superior a 70 dias, mas, depois de apresentar defesa, a pena foi reduzida para dois meses.
 
A infração terá ocorrido no final de 2014, quando ia de casa para o centro de estágio do Benfica, no Seixal, e foi apanhada por um radar.

O treinador só entregou a carta recentemente, quando o Sporting regressou da digressão na África do Sul.