A equipa técnica de Jorge Jesus foi impedida, esta quinta-feira, de entrar nas instalações do Benfica no Seixal, onde se realizam os treinos, sabe a TVI.
 
Recorde-se que, segundo apurou a TVI, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira ainda não foi informado por Jorge Jesus que este se vai desvincular do clube e assinar pelo Sporting.
 
Em todo o caso, o diretor de comunicação dos encarnados escreveu na rede social Twitter estar «grato a Jesus pela ingratidão que revelou». «Mostrou que merecíamos mudar!», escreveu João Gabriel, convicto também de que para o ano estará na Luz um «treinador comprometido com o Benfica e não apenas com o seu ego e conta bancária».
 
Esse treinador é, ao que tudo indica, Rui Vitória, que já terá um acordo com Luís Filipe Vieira.

Jorge Jesus foi, entretanto,  apagado da imagem tridimensional do bicampeonato que está na loja dos encarnados, no Estádio da Luz.
 
Em Alvalade, Marco Silva, que tem mais três anos de contrato, não abdica da indemnização a que tem direito, sabe a TVI.

O treinador do Sporting está reunido com o presidente do clube, Bruno de Carvalho, para definir a sua saída.

A TVI sabe também que o Sporting quer apresentar Jorge Jesus a 1 de julho.
 
Quem já pediu satisfações às sociedades desportivas de Benfica e Sporting foi a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, que quer ver esclarecida a situação dos treinadores e respetivos valores.