O francês Jean-Eric Vergne (Techeetah), assegurou este sábado o título de Campeão do Mundo de Fórmula E, ao terminar a primeira corrida do ePrix de Nova Iorque, última corrida da temporada, na quinta posição.

Vergne beneficiou ainda de Sam Bird (Virgin Racing), o seu mais direto rival na luta pelo título, ter terminado a corrida deste sábado na nona posição.

Com este resultado, Vergne soma agora 173 pontos, contra os 142 de Sam Bird, o que significa que com 31 pontos de diferença e 29 ainda em jogo o título está decidido a favor do piloto francês da Techeetah.

A vitória na primeira corrida de Nova Iorque foi para Lucas di Grassi, piloto da Audi, a oitava vitória da carreira na Fórmula E, o que faz com que di Grassi assuma o estatuto de segundo piloto com mais vitórias na Fórmula E.

Já Daniel Abt, companheiro de equipa de di Grassi, foi segundo, na frente de Sébastien Buémi (DAMS), que fechou o pódio, depois de ter largado da pole position.

O português António Félix da Costa (Andretti Autosport), terminou a primeira corrida da última ronda do campeonato na 11.ª posição à beira dos pontos.