A Ducati começou da melhor maneira o GP da Áustria, 11.ª ronda do campeonato, que no domingo terá lugar no Circuito de Red Bull Ring.

Com a chuva a afetar a segunda sessão de Treinos Livres, Andreia Dovizioso, acabou por ser o piloto mais rápido desta sexta-feira.

Tal como se esperava a Ducati dominou a concorrência ao colocar três pilotos nos três primeiros lugares, e só a Honda com Marc Márquez mostrou ter argumentos para contrariar as motos da equipa de Borgo Panigale.

 Andrea Dovizioso e Jorge Lorenzo terminaram o dia no topo da tabela de tempos, na frente da Ducati de Danilo Petrucci, depois de concluírem a sessão da manha com piso seco, com os melhores registos, Na sessão da tarde, com a forte chuva que se fez sentir, a classificação permaneceu sem alteração. 

 

Dovizioso foi o único piloto capaz de rodar abaixo de 1m24s, tendo realizado a sua melhor marca nos TL1 ao realizar uma volta em 1m23,830s. 

"Começamos muito bem e a moto estava praticamente pronta para a corrida, principalmente porque acabamos de sair de uma corrida onde estivemos muito bem e por isso não tivemos que alterar nada na afinação da moto. Apesar de termos realizado apenas uma sessão em piso seco, os nossos tempos já são muito bons e desta forma conseguimos realizar bastante trabalho com vista à corrida. Infelizmente na sessão da tarde não conseguimos continuar a trabalhar nos pneus por causa da chuva, mas o que conta é que fomos rápidos desde o início”, afirmou o piloto italiano da Ducati.

Para a qualificação de sábado, Andrea Dovizioso, espera que as condições do tempo sejam melhores. “Vamos torcer para que as condições climatéricas nos permitam trabalhar no sábado nos detalhes finais da corrida. Isso será importante”, acrescentou Dovizioso.