Miguel Oliveira terminou o primeiro dia de treinos livres para o GP da Catalunha de Moto2, que terá lugar no domingo, com o 10.º melhor tempo combinado.

O piloto da KTM Ajo começou o dia a revelar um bom ritmo e a alcançar o oitavo melhor registo, mas da parte da tarde no TL2, não conseguiu melhorar o seu tempo e fechou o dia no Top 10.

“Foi um dia muito bom, senti-me bastante confortável com a moto em todos os momentos. Na TL2, as condições foram mais difíceis. Quando colocamos o pneu novo, na fase final da sessão, aumentei o ritmo, e na minha primeira volta perdi a frente da moto numa curva rápida e, infelizmente, caí. Bati com cotovelo direito, que está inchado, mas não é nada preocupante e amanhã vamos poder voltar a trabalhar como sempre”, afirmou Miguel Oliveira no final da segunda de sessão de treinos livres.

O piloto português da KTM, segundo classificado do campeonato, obteve a sua volta mais rápida do dia durante a primeira sessão de treinos realizados no circuito da Catalunha, com o tempo de 1m44,576s e não escondeu que a queda na sessão da tarde acabou por o impedir de melhorar o seu melhor registo. “Temos um bom ritmo e a queda impediu-me de procurar melhorar o meu tempo, mas estou muito satisfeito com o desempenho da moto. O teste que realizamos aqui em Barcelona há três semanas ajudou, já que conseguimos encontrar o caminho com maior facilidade. Amanhã vamos ter de continuar assim”.

VEJA TAMBÉM: