O ator sul-coreano Jo Min-ki foi encontrado morto em sua casa, em Seul, depois de nos últimos tempos ter sido indiciado por vários crimes de abuso sexual. 

Segundo a BBC, o suspeito, de 52 anos, estava acusado de assediar e violar, pelo menos, oito estudantes da Universidade de Cheongju, local onde deu aulas nos últimos anos. 

Inicialmente, Jo Min-ki negou as acusações de que era alvo, mas acabou por confessar os crimes no passado dia 27 de fevereiro, através de uma declaração em que pediu desculpa às vítimas pelos seus atos.

"É tudo culpa minha (...) Lamento profundamente a dor que causei a todas as vítimas e, daqui para frente, acatarei todas as consequências sociais e jurídicas dos meus erros." declarou o sul coreano, segundo a mesma fonte. 

O ator, que se preparava para ser interrogado pela polícia na próxima semana, ficou conhecido pelos seus papéis em várias séries televisivas.