O ator norte-americano Abe Vigoda, conhecido por ter participado em "O Padrinho", morreu esta terça-feira aos 94 anos de causas naturais, em New Jersey, anunciou a família.

Apesar de ter tido uma carreira em teatro, cinema e televisão desde a década de 1940, Abe Vigoda ficou célebre sobretudo por duas personagens, interpretadas nos anos 1970: o mafioso Sal Tessio em "O padrinho", de Coppola, e o detetive Philip K. Fish na série televisiva "Barney Miller".

A morte de Abe Vigoda era há muito tempo uma piada da cultura popular nos Estados Unidos, escreve esta terça-feira o jornal Los Angeles Times. Em 1982, a revista "People" dava o ator como morto quando na verdade se queria referir ao final da série "Barney Miller".