A Sony Pictures decidiu que, afinal, vai mesmo  estrear o filme «The Interview».
 
«The Interview» estreia no dia 25 de dezembro. É a história de um popular apresentador de televisão convidado a entrevistar o líder da Coreia do Norte. Acompanhado do produtor, vê-se envolvido num plano dos serviços secretos norte-americanos, como neste diálogo:
 
 

- Quer que matemos o líder da Coreia do Norte?
- Sim.
 

Da ficção à realidade, o verdadeiro Kim Jong-un não terá gostado da paródia. Daí, o ataque pirata à rede informática da Sony ser atribuído a Pyongyang.
 
Por seu turno, Barack Obama também não gostou destas ameaças. E, não tardou muito, a Coreia do Norte ficou «às escuras», sem Internet durante mais de nove horas. Para os vizinhos sul-coreanos, não há dúvidas sobre a origem do apagão: os Estados Unidos.
 
A China, de quem a Coreia do Norte depende na ligação à Internet, rejeita qualquer responsabilidade.
 
De retaliação em retaliação, aguarda-se pelo próximo passo de Pyongyang.