O fim de Brangelina ou o dia em que o amor morreu. Este podia ser o nome de um novo filme, com um par amoroso composto por Angelina Jolie e Brad Pitt, protagonistas de mais um sucesso de Hollywood, êxito de bilheteira, qual “Mr. e Mrs. Smith”, com tanta ação, só que com mais drama do que o filme de 2004.

Mas, porque as estrelas do cinema são de carne e osso, o fim da união dos atores Angelina Jolie e Brad Pitt acontece na vida real. Antes de chegar às salas de cinema, o anúncio da separação inundou as redes sociais.

A hashtag  #brangelina foi mencionada 720 vezes por minuto, esta segunda-feira, de acordo com o Zoomph, uma ferramenta que mede audiências online, apurou a Reuters. E, foi precisamente no Twitter, que a Vogue descreveu este anúncio como “o dia em que o amor morreu”.

 

 

Brad Pitt está “triste”

O boato já corria há alguns dias, mas só esta terça-feira é que chegou a confirmação oficial, por parte do advogado de Angelina Jolie, de que os papéis para o divórcio tinham dado entrada num tribunal californiano na segunda-feira.

O advogado Robert Offer limitou-se a declarar, segundo a Reuters:

“Esta decisão foi tomada no interesse da família. Angelina Jolie não vai fazer quaisquer declarações e pede que seja dada privacidade à família”.

Brad Pitt já reagiu, em declarações à revista People:

“Estou muito triste com tudo isto, mas o mais importante é o bem-estar dos nossos filhos”, pelo que “agradeço à imprensa que lhes dê o espaço que que eles precisam neste momento”.

No documento, segundo o TMZ, a atriz diz que as divergências na maneira de educar os seis filhos tornam o divórcio inevitável, pelo que Jolie pede a custódia plena das crianças, permitindo ao pai apenas visitas.

Fontes próximas da atriz apressaram-se a dizer que a separação nada tem a ver com a hipotética interferência de uma “terceira pessoa” na relação conjugal e que as queixas de Angelina se prendem com os hábitos do marido. No entanto, neste filme não falta um triângulo amoroso no argumento: o papel cabe à atriz Marion Cotillard, que já fez saber que "está numa relação" e se mostrou "chocada" com o fim do casamento e Jolie e Pitt, segundo o Daily Mail.

Jolie e Pitt estão separados desde 15 de setembro. O ponto final na relação de 12 anos acontece, assim, praticamente dois anos após o casamento, em agosto de 2014. 

Angelina Jolie, de 41 anos, põe fim ao seu terceiro casamento. Para Brad Pitt, de 52 anos, termina o segundo casamento. O casamento com Jennifer Anniston acabou quando Brad Pitt contracenou com Angelina Jolie no filme “Mr. e Mrs. Smith”. As redes sociais têm “boa memória” e não faltam piadas online.