A curta-metragem "Campo de víboras", de Cristèle Alves Meira, é apresentada neste domingo, em Cannes, no âmbito da Semana da Crítica, que também vai exibir "Ascensão", de Pedro Peralta, na próxima terça-feira.

As duas curtas-metragens, premiadas há duas semanas no festival IndieLisboa, foram selecionadas para competição, naquela secção paralela do Festival de Cannes, com prémios que visam o apoio à produção de novas obras dos vencedores, que podem ir dos quatro mil aos 15 mil euros, nesta edição.

"Campo de víboras", um filme da realizadora francesa Cristèle Alves Meira, de ascendência portuguesa, foi rodado e inspirado em histórias do concelho de Vimioso. Com Ana Padrão, Ana Brito e Cunha e Simão Cayatte, a ação do filme decorre durante as festas dos Caretos quando, num jardim cheio de víboras, é encontrado o corpo de uma mulher, e a sua filha desaparece sem deixar rasto.