A luta de um paciente texano com SIDA, Ron Woodroof, e uma socialite nova-iorquina falida, Jasmine, provaram ser a receita para vencer as estatuetas de Melhor Ator e Atriz nesta 86ª edição dos Óscares da Academia de Hollywood.

Para realizar o papel de Ron Woodroof, Matthew McConaughey teve de perder 20 quilos, um peso resultou no primeiro Óscar da sua carreira. No seu discurso, o ator destacou três elementos cruciais para vencer na vida. «Ter alguém para quem olhar», «algo para olhar no futuro» e «ter algo para alcançar».

Óscar de Melhor Atriz para Cate Blanchett

Cate Blanchett não é estranha a estas andanças. Em 2005 venceu o Óscar de Melhor Atriz Secundária pela sua participação em «O Aviador». O segundo Óscar em «Blue Jasmine» não foi uma surpresa, já que a atriz arrecadou este galardão nos principais prémios de cinema deste ano.

MELHOR ATOR PRINCIPAL

Christian Bale, «Golpada Americana»

Bruce Dern, «Nebraska»

Leonardo DiCaprio, «O Lobo de Wall Street»

Chiwetel Ejiofor, «12 Anos Escravo»

Matthew McConaughey, «O Clube de Dallas»

MELHOR ATRIZ PRINCIPAL

Amy Adams, «Golpada Americana»

Cate Blanchett, «Blue Jasmine»

Sandra Bullock, «Gravidade»

Judi Dench, «Philomena»

Meryl Streep, «Um Quente Agosto»