Sam Mendes recusa realizar o próximo filme de 007

Cineasta britânico não vai repetir a experiência em «Skyfall» porque quer dedicar-se às suas produções teatrais

Por: Redação    |   6 de Março de 2013 às 18:38
O realizador britânico de ascendência portuguesa Sam Mendes rejeitou a possibilidade de dirigir o próximo filme de James Bond para se concentrar no seu trabalho no teatro, escreve a agência Lusa.

Mendes realizou «Skyfall» (2012), o último filme do agente secreto britânico, que conseguiu mais de mil milhões de dólares de receitas de bilheteira em todo o mundo.

O realizador, de 47 anos, premiado com um Óscar por «Beleza Americana» (1999), disse à revista de cinema «Empire» que tinha sido «uma decisão muito difícil» recusar o convite para o 24º filme oficial do agente 007, que terá novamente Daniel Craig no papel do espião.

«Realizar "Skyfall" foi uma das melhores experiências da minha vida profissional, mas tenho o teatro e outros compromissos, incluindo produções de "Charlie and the Chocolate Factory" e do "King Lear", que exigem a minha completa atenção no próximo ano e no seguinte», adiantou Sam Mendes, citado pela agência France Presse.
PUB
Partilhar
FOTOGALERIA:
Fotogaleria do filme «007 - Skyfall»

Daniel Craig e Sam Mendes EM CIMA: Daniel Craig e Sam Mendes
COMENTÁRIOS

PUB
Demissão em bloco na urgência do Garcia de Orta

Sete chefes de equipa enviaram carta ao conselho de administração do hospital de Almada. Médicos alegam como motivos da demissão o «agravamento das condições de trabalho», bem como «o risco do ato clínico» e «a segurança dos doentes», que «atingiu um ponto crítico e inaceitável» no serviço de urgência. Duas das oito mortes registadas no início deste ano foram neste hospital