«Depois da Terra» é o filme que junta Will e Jaden Smith numa aventura futurista. Depois da entrevista de pai e filho ao Cinebox, mostramos-lhe agora o que disse o realizador M. Night Shyamalan sobre um projeto criado e produzido pela família Smith.

Apesar do intervalo de três anos desde o último filme do realizador norte-americano de origem indiana, «O Último Airbender», M. Night Shyamalan explicou que esse foi o tempo que um filme com a grandeza de «Depois da Terra» levou a produzir.

«Na verdade, eu não parei [desde o último filme]. É preciso muito tempo para fazer um filme desta escala. Foi preciso um ano inteiro de trabalho para o design do filme, porque eu não podia simplesmente ir filmar para a rua», contou em entrevista exclusiva ao Cinebox.

O medo do desconhecido é definitivamente um tema central nas películas mais marcantes de Shyamalan, desde «O Sexto Sentido» (1999) a «A Vila» (2004), passando por «Sinais» (2002). E este «Depois da Terra» não foge à regra.

«Estou sempre muito assustado. (...) Quando eu era criança, tinha medo de falar em público. Então inscrevia-me propositadamente em palestras para discursar e entrava em competições de discursos [na escola]», confessou.

«Portanto, sempre que estou assustado com alguma coisa, encaro-a de frente. Só para lidar com esse medo», acrescentou o realizador.

Quanto ao facto de ter trabalhado neste projeto criado e produzido pela família Smith, M. Night Shyamalan disse que foi uma experiência «muito simpática».

«Eles sabem que eu gosto de pôr a mão em tudo e que trabalho sozinho em Filadélfia... E achei que foi muito simpático da parte do Will, não só entregar-me o filme, mas também entregar-me o seu filho e dizer-me: "Adorava que cuidasses dele". Eu levei isso muito a sério, foi uma grande honra», recordou o cineasta.