O Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação não veio para Portugal. Daniel Sousa, português de origem cabo-verdiana, perdeu a oportunidade de levar o primeiro Óscar para terras lusitanas. O prémio foi ganho por «Mr Hublot», de Laurent Wiltz

A curta-metragem de 12 minutos foi realizada em Portugal e nos Estados Unidos. «Feral» é um retrato da «atmosfera portuguesa» segundo o próprio realizador.

«Mr Hublot», de Laurent Wiltz, destaca a história de um homem com medo de sair de casa. Tudo muda com a chegada de um robô que muda a vida de Mr. Hublot. A história de compaixão convenceu a academia que respondeu com um Óscar.

NOMEADOS

«Feral»

«Get a Horse!»

«Mr. Hublot»

«Possessions»

«Room on the Broom»