«Duas Mulheres», de João Mário Grilo, estreia a 24 de Junho

Realizador regressa à ficção dez anos depois

Por: Redação / IGP    |   28 de Maio de 2010 às 12:35
A mais recente longa-metragem de João Mário Grilo, «Duas Mulheres», estreia nos cinemas a 24 de Junho, informou a distribuidora Costa do Castelo. Esta é a primeira incursão do realizador na ficção após o filme «A Falha»(2000).

«Duas Mulheres» conta a história de Joana (Beatriz Batarda), lisboeta, casada, que se apaixona por outra mulher (Débora Monteiro).

«O filme gira um pouco a volta do modo como essa relação olha para o mundo e como é olhada pelo mundo, particularmente pelo marido [Virgílio Castelo] de Joana», explicou João Mário Grilo à agência Lusa, referindo que o crime que é cometido é «um sacrifício para que uma certa condição de vida possa ser mantida».

O filme, rodado no começo de 2009, conta com argumento de Rui Cardoso Martins e de Tereza Coelho e teve antestreia em Novembro no Estoril Film Festival. Por ocasião deste certame, João Mário Grilo contou à agência Lusa que «Duas Mulheres» é um trabalho que «procura tomar o pulso ao que são hoje as sociedades contemporâneas».
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Duas Mulheres - João Mário Grilo
Duas Mulheres - João Mário Grilo
COMENTÁRIOS

PUB
Portugal «não espera nem precisa» de um bloco central

António Costa, em resposta a Passos Coelho, diz que o PS constitui uma alternativa às políticas do atual Governo. Líder socialista comenta a entrevista do primeiro-ministro publicada no «Expresso», na qual Passos Coelho admite nova coligação com o CDS-PP e não descarta a ideia de um bloco central. António Costa falava à chegada ao Encontro Nacional de Autarcas Socialistas que decorre em Santarém