Jurassic World foi um dos filmes que rendeu mais dinheiro nas bilheteiras de todo o mundo, este ano. E conseguiu ainda outro feito: foi eleito o filme com mais erros de 2015. Segundo o site Movie Mistakes podem ser contadas 19 falhas em Jurassic World.

Um dos erros mais óbvios dá-se quando a personagem principal, interpretada pelo ator Chris Pratt, fala sem abrir a boca. O ator protagoniza ainda outra falha quando o seu telemóvel surge com o ecrã partido numa cena, aparecendo depois em perfeitas condições.

Um dos “erros factuais” presentes na lista dá-se quando Bryce Dallas Howard, que dá a vida a Claire no filme, sobrevive ao ataque de um T-Rex e começa a correr com saltos de 10 centímetros.

No ranking estão ainda erros de realização, como quando é refletido na janela de um carro um membro do staff ou na cena em que quatro membros da equipa paramilitar apresentam o mesmo ritmo cardíaco.

Jurrassic World pode ter conseguido o primeiro lugar como o filme com mais erros, mas não está sozinho. Na lista embaraçosa surgem outros dois filmes populares em 2015: Exterminador: Genisys e Mad Max: Estrada da Fúria, um com dez erros e outro com oito. Tomorrowland e Mínimos também têm sido alvo de críticas.

Apesar de tudo, Colin Trevorrow, o realizador de Jurrassic World, pode ainda congratular-se pois o filme fica ainda longe dos erros que Steven Spielberg deixou escapar em Jurrassic Park, em 1993. Segundo o site, o filme original tem 156 falhas.

Mas nem mesmo Jurassic Park é concorrência para o filme que é visto como o mais desastroso da história do cinema: Apocalypse Now tem 561 erros.