A entrevista de Krishnan Guru-Murthy realizada na quarta-feira a um dos protagonistas de «Avengers: Age of Ultron», Robert Downey Jr. não correu da melhor forma. Depois de perguntas relativas ao passado, que envolve prisões e uso de drogas, o ator abandonou a sala e acabou por não responder a todas as perguntas do apresentador do canal britânico «Channel 4 News». 

Guru-Murthy conduziu a entrevista para o nível pessoal e não profissional, como era o esperado, e a poucos minutos de ter começado o encontro, fez referência a uma afirmação do ator numa entrevista, realizada em 2008, pelo «New York Times»

«Não podes ir para uma suite de 1.800 euros por noite no 'La Mariage' para uma penitenciária - e eu percebo que vás- e sair de lá liberal. Não podes», disse na altura Robert Downey Jr. 

O apresentador perguntou o que significava aquela afirmação e, visivelmente constrangido pelo facto de questionar as crenças religiosas, o ator respondeu:

«Aprecio o seu ponto de vista.(...) Eu poderia tirar mais duas horas -e mesmo assim não estaria perto da verdade- do que lhe dar agora meia resposta. eu não conseguia dizer o que é um liberal. Por isso, aí está a resposta à sua pergunta». 

Durante algum tempo Guru-Murthy continuou a pressionar o ator de 50 anos, fazendo perguntas sobre as crenças políticas. Aos seis minutos, Downey Jr. deu um aviso:

«Está a saltar um bocadinho, é melhor pensar bem na próxima pergunta».

A partir desse momento a entrevista, que supostamente tinha como objetivo promover o último filme «Avengers: Age of Ultron», atingiu o limite quando o apresentador de «Channel 4 News» confrontou o ator sobre o relacionamento com o pai (ator Robert Downey Senior) e sobre o consumo de álcool e drogas (em que o ator já foi viciado). 

«Eu só estava a perguntar-me se você está livre disso tudo», perguntou o apresentador Krishnan Guru-Murhty.

 

Antes mesmo de formular o resto da pergunta, o ator interrompeu-o e disse: «Sinto muito. Eu realmente não… O que estamos a fazer?».

 

«Desculpe», disse o apresentador.

Downey levantou-se, mas antes de abandonar a sala fez referência a um programa da televisão americana:

 «Tudo bem. Estava apenas a ficar um pouco Diane Sawyer».