O ator francês Roger Hanin, comissário «Navarro» na televisão e cunhado do antigo Presidente François Mitterrand, morreu hoje com problemas respiratórios aos 89 anos, segundo fontes próximas.

«Morreu esta manhã cerca das 10 horas (09:00 em Lisboa) no hospital Georges Pompidou em Paris com problemas respiratórios», disse à agência France Presse um amigo, o realizador Alexandre Arcady.

Roger Hanin «estava hospitalizado há vários dias», precisou o realizador, que dirigiu o ator em «Le Grand Pardon».

Nascido a 20 de outubro de 1925 em Argel, o ator casou em 1959 com a produtora de cinema e televisão Christine Gouze-Renal, irmã de Danielle Mitterand e que morreu em 2002.

Com a personagem de «Navarro», o comissário incorruptível cujas aventuras foram seguidas por milhões de espetadores, Roger Hanin obteve o prémio televisivo francês 7 de Ouro de melhor ator em 1990.

Tinha anunciado o final da carreira a 01 de novembro de 2008, com 83 anos, sem «amargura, nem nostalgia».