Um produtor musical brasileiro, Marcel Castro, vai vender grande parte da sua coleção composta por 1 500 artigos musicais reunidos ao longo de 30 anos. São centenas de vinis, CD’s, livros, cartazes, pósteres e fotografias, além de outros objetos, como instrumentos musicais, muitos deles autografados por lendas do mundo da música.

Umas das raridades que estará à venda será um teclado Hammond, autografado pelo teclista da banda holandesa Focus, Thijs Van Leer. «Eu é que trouxe a banda ao Brasil em 2010, 2012 e 2014», contou Marcel ao jornal brasileiro G1. 

Também uma das famosas «Lucilles», nome dado por B.B. King às suas guitarras Gibsons pretas, devidamente autografada pelo próprio, poderá ser comprada. Outra guitarra que estará à venda tem a assinatura do cantor norte-americano Buddy Guy e também uma réplica do modelo tocado por Angus Young, com a assinatura de todos os membros da banda australiana ACDC. 

Também vão ser vendidas peles de bateria assinadas por Ian Paice, do Deep Purple, por Carl Palmer, do EL&P, e uma terceira assinada por todos os elementos banda americana Living Colour.

Marcel Castro começou a colecionar discos e outros objetos ligados ao rock com apenas 12 anos. «Comprava-os na Galeria do Rock», contou ao jornal.

O facto de ter morado em Londres e trabalhado como produtor de eventos, facilitou o acesso direto a muitas bandas e contribuiu significativamente para a reunião de um conjunto de artigos suficiente para abrir um museu. Agora Castro decidiu vender parte da coleção porque já não tem mais espaço na casa onde mora atualmente. 

«Um empresário que planeie abrir um bar de rock vai encontrar aqui muitos artigos para a decoração», disse.


No entanto, alguns objetos, como um violão autografado pelas lendas John McLaughlin, Al Di Meola e Paco de Lucia, não estão à venda.

«Tenho muitas fotografias autografadas por Michael Jackson, Miles Davis, Keith Richards e pelos elementos do Iron Maiden. Mas não estão à venda», explica o produtor.

Os artigos da coleção de Marcel Castro vão estar disponíveis a partir desta sexta-feira até domingo.