Uma «quantidade assinalável» dos esgotos da cidade de Abrantes «estão a correr a céu aberto indo parar directamente ao rio Tejo sem qualquer tratamento», alertou hoje o Bloco de Esquerda (BE).

Manuel António, dirigente daquele partido, disse esta sexta-feira à Agência Lusa que a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) dos Carochos «foi inaugurada e apresentada como uma ETAR modelo e está votada ao abandono, sem motor ou um cabo eléctrico, no meio de silvas e canaviais».

Enviado pedido para o ministério do Ambiente

«Esta ETAR serve milhares de pessoas mas, apesar de aparentemente desactivada, continua a receber uma quantidade assinalável dos esgotos da cidade de Abrantes que não são sujeitos a qualquer tipo de tratamento e vão parar directamente ao rio Tejo», afirmou.

O responsável partidário afirmou à Lusa que o BE requereu já «informação urgente» sobre o caso ao Ministério do Ambiente.

«Queremos saber se o Ministério do Ambiente tem conhecimento deste grave atentado ambiental, quem é a entidade responsável por aquele local, como justifica o Ministério esta situação, que medidas vai adoptar para resolver o problema e queremos ainda saber se está previsto algum investimento para a reabilitação da ETAR em causa», afirmou.

Câmara não sabe de nada

A vereadora do Ambiente na Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, disse à Agência Lusa que «a Câmara tem conhecimento» da situação e que, «em conjunto com a empresa Abrantaqua, a empresa concessionária do saneamento de águas residuais do concelho, está a estudar a possibilidade de antecipar o investimento previsto para instalação de uma nova ETAR».

Segundo disse Maria do Céu Albuquerque, «esse investimento está consagrado no contrato estabelecido em Janeiro de 2008 com a Abrantaqua e prevê intervenções a realizar em quatro anos, que vão permitir cobrir cerca de 92 por cento da população com saneamento básico, bem como recuperar e remodelar equipamentos inoperáveis».

«Este investimento na ETAR dos Carochos estava previsto para o ano 2010 mas vamos tentar antecipar o investimento a efectuar já para este ano, construindo uma nova estação de tratamento no local», afirmou.