O presidente sírio, Bashar al-Assad, anunciou hoje que vai colocar as armas químicas do país sob controlo internacional, numa entrevista a um canal de televisão russo.

Segundo a televisão russa, Assad assegurou que a Síria vai fazê-lo «pela Rússia» e não «pelas ameaças dos Estados Unidos».

A Rússia, aliada de Damasco, anunciou no início da semana, um plano para a Síria colocar sob controlo internacional o seu arsenal químico, tendo em vista a destruição do mesmo.