O Governo Civil de Castelo Branco e a Scutvias (Autoestradas da Beira Anterior, S.A.) promovem uma campanha que visa a plantação de 1.200 pinheiros e carvalhos em nove nós da A23. A iniciativa conta com a colaboração de 600 crianças do distrito, que ficarão encarregues de plantar as árvores, noticia a Lusa.

Alzira Serrasqueiro, governadora civil de Castelo Branco, citada pela Lusa diz que, «não basta dizer que a floresta é um elemento crucial para o equilíbrio do nosso ecossistema, é necessário promover formas adequadas e eficazes de defesa do ambiente equilibrado, dos recursos naturais e da qualidade de vida das populações»

Esta é também uma chamada de atenção para os mais jovens «de que os recursos naturais são finitos, que o desenvolvimento afecta o ambiente e que é preciso realizar acções concretas para minimizar esses efeitos», conclui Alzira Serrasqueiro.

Marcos Levi Ramalho, adiministrador da Scutvias, também citado pela Lusa, acrescenta que «esta não é uma questão de moda, é antes uma obrigação de todos nós. Temos que deixar para o futuro um legado ambiental»