Uma secretária foi apanhada a partilhar fotos nuas dentro do Parlamento suíço para mais de 11 mil seguidores no Twitter.



As «selfies» foram tiradas dentro do seu gabinete no Palácio Federal em Berna, sede de reuniões do Governo e do Parlamento suíço, de acordo com o jornal suíço «Neue Zuercher Zeitung».

A mulher, que não foi identificada, não mostrou arrependimento e disse ao jornal que as fotos não violam qualquer regra, pois dizem respeito à sua vida privada. No entanto, não quis avançar com um motivo para as suas publicações polémicas.

«Penso nessa questão constantemente», respondeu a secretária quando questionada se estava preocupada que os colegas vissem as fotos.

Um porta-voz dos recursos humanos do Governo, Anand Jaqtap, diz que uma possível punição estará dependente do setor de serviços parlamentares.

«O setor de serviços parlamentares vai ter que decidir, baseado nas circunstâncias específicas, se esse é um caso de violação das obrigações de bom senso entre empregado e empregador», afirmou.