O Tribunal Regional Superior de Koblenz, na Alemanha, decidiu, esta terça-feira, que quando uma relação acaba todas as fotografias íntimas devem ser apagadas.

O caso em concreto que chegou a tribunal deu-se com um casal na Alemanha. A mulher exigiu em tribunal que o seu ex-companheiro, que era fotógrafo, apagasse todas as fotografias que tinham sido tiradas durante a relação.



Durante o namoro, o fotógrafo fez vários vídeos eróticos e sessões fotográficas da sua ex-mulher nua.

O tribunal acabou por determinar que a mulher tinha o direito de pedir que ex-namorado apagasse todas as fotos de nudez, já que, caso não o fizesse, a privacidade da mulher podia ficar comprometida. No entanto, em relação às outras fotos onde a queixosa aparece vestida, o tribunal rejeitou o pedido visto que entendeu que não comprometia a privacidade da mulher.