Brandon Vezmar, de 37 anos, residente no Texas, entrepôs um processo contra uma mulher, depois de esta enviar mensagens durante o primeiro encontro.

O homem que levou a mulher ao cinema para ver o filme “Guardiões da Galáxia 2”, queixou-se do uso do telemóvel durante o filme. Depois de lhe pedir repetidas vezes que parasse de mandar mensagens, a mulher levantou-se e abandonou a sala. 

Vezmar disse que o comportamento dela é uma “ameaça à sociedade civilizada”, e que quer recuperar os 15 euros que pagou pelos bilhetes do cinema.

O norte-americano descreveu a saída como um “primeiro encontro infernal”, e admitiu que ver pessoas a mandar mensagens inadequadamente é um dos seus ódios de estimação.

A mulher que até agora não foi identificada já reagiu ao ver o caso nas notícias, “Oh meu Deus”, disse ao jornal Austin American Statesman. “Isto é uma loucura. Eu tinha o meu telemóvel para baixo e não estava a incomodar ninguém”, acrescentou.

No entanto, Vezmar afirma que a mulher “ativou o telemóvel pelo menos 10-20 vezes em 15 minutos para ler e enviar mensagens de texto”.

A mulher recusou-se a pagar o dinheiro que o homem lhe pediu, uma vez que foi este que a levou a sair.

Depois do caso ter ganho uma maior dimensão nos media, o diretor do cinema ofereceu-se para resolver o caso, e ofereceu a Vezmar um cheque presente, com os 15 euros que tinha gasto no encontro.