As pernas de um australiano ficaram presas dentro de uma máquina de lavar roupa durante três horas. Os bombeiros que foram chamados ao local, em Sidney, na Austrália, afirmaram que este foi o salvamento “mais bizarro” de sempre.

O homem, de 22 anos, ficou preso até à cintura na máquina de lavar de sua casa, em Lakemba.

Os bombeiros foram chamados, mas nada os poderia ter preparado para a situação.
 

“Este trabalho foi interessante porque a equipa nunca tinha feito um salvamento numa máquina de lavar antes”, escreveu a organização no Facebook.


O resgate demorou cerca de uma hora e a máquina teve de ser completamente desmontada para retirar o homem, que foi, posteriormente, levado para o hospital, por precaução.
 

“Depois do exterior da máquina ter sido removido, a equipa teve de cortar o aço inoxidável do tambor, para remover o sujeito do equipamento”.


A situação bizarra fez com que David Cross, ao serviço dos bombeiros há 35 anos, afirmasse que este foi “um dos episódios mais estranhos” a que já assistiu.

O bombeiro disse também que já salvou crianças que ficam entaladas em máquinas de venda automática ou com os dedos presos em tomadas de eletricidade, mas que nunca tinha visto um adulto numa situação semelhante.

“É uma daquelas coisas bizarras que as pessoas fazem em momentos estranhos”, declarou, em entrevista ao Daily Mail.


Apesar do desconforto, o homem permaneceu calmo durante todo o processo e sofreu apenas algumas dores musculares.