Vanja Hadzovic tem 27 anos e trabalha como conselheira no Ministério dos Negócios Estrangeiros da Sérvia. A jovem com ambições numa carreira política ligada à diplomacia vai, agora, ser alvo de um inquérito, escreve o «Daily Mail», após serem divulgadas fotografias suas «sexys» num tablóide, o «Blic».

As imagens, inicialmente publicadas em redes sociais pela própria jovem, terão «incomodado» os seus superiores. Segundo o «Daily Mail», uma fonte do MNE da Sérvia alega que «pessoas dentro e fora das fronteiras do país, podem considerar as imagens pouco próprias para uma mulher que ambiciona fazer carreira na política». Por isso, foi aberto um inquérito.

Vanja Hadzovic, que tem um curso superior na área da comunicação e media, não quis comentar a polémica em volta das suas fotografias. As imagens são já um sucesso na internet, apesar da contas de Vanja terem sido encerradas.

O secretário de estado ligado ao MNE, Ivan Mrkic, confirmou a abertura do inquérito e explicou que a jovem ainda está a «estagiar» e não tem estatuto de «diplomata». No entanto, acrescentou que apesar de todos serem livres de divulgar fotos suas nas redes sociais é preciso agir «dentro de uma determinada conduta», quando se trabalha no Governo. Ressalvou, por fim, que esta sempre cumpriu as suas obrigações enquanto funcionária do Estado.

No passado, antes de se tornar conselheira Vanja Hadzovic esteve na vice-presidência da juventude partidária do Partido Socialista ( Socialist Party), já liderado pelo suspeito de crimes de guerra, o sérvio Slobodan Milosevic.