O principal líder da oposição na Rússia, Alexey Navalny, foi "atacado" e pulverizado com um líquido verde no rosto enquanto passeava pela cidade de Barnaul, na Sibéria.

Navalny, conhecido ativista anti-Putin, foi pulverizado quando parou para cumprimentar um homem.

O líquido verde usado no ataque é um antisséptico comum na Rússia, que permanece na pele durante dias, mas é inofensivo para a saúde.

Alexey Navalny acabou por achar graça ao ataque e até partilhou uma foto no Twitter, em que surge com a cara e palmas das mãos verdes. Na legenda da foto escreveu: ‘Vou abrir uma sede em Barnaul como se tivesse saído do filme “A Máscara”. Fixe! Até os meus dentes estão verdes”.

O crítico de Putin estava em Barnaul como parte da sua campanha para se candidatar às eleições presidenciais de 2018, na Rússia.

Atualmente Alexey Navalny está impedido de apresentar uma candidatura, devido a uma condenação por fraude. Contudo, os seus defensores dizem que as acusações contra ele têm motivações políticas.

O ativista tem muitos seguidores nas redes sociais e, em 2011, pediu para que votassem em qualquer um, menos no partido de Putin, que classificou como “um partido de ladrões”.

No início deste mês, acusou o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, de corrupção em larga escala.