Durante o roubo de um carro, o ladrão foi obrigado a parar depois de uma das três crianças que se encontravam dentro da viatura na altura do furto, ter «chicoteado» o homem com uma cobra de borracha.

O incidente aconteceu quando um homem entrou dentro do carro de Lucia Lozada, em San Antonio, nos EUA, numa altura em que a família se preparava para ir à missa.

Lucia participou de imediato o desaparecimento dos seus filhos, dois gémeos de sete anos e o irmão de apenas um, mas dez minutos depois as crianças tinham resolvido o assunto e já se encontravam fora de perigo.

Em declarações à «ABC News», o sargento local, Javier Salazar, contou que «um dos rapazes socou o homem na cara e o outro atingiu-o com uma cobra de borracha».

A avó das crianças acredita que o ladrão «só queria o carro», tanto que deixou os menores ficarem com o tablet.