Guillaume F., assessor no antigo Governo de Nicolas Sarkozy, revelou esta quinta-feira que dividiu a sua carreira profissional entre a política e os filmes porno.

Ao jornal StreetPress, Guillaume explica que entrou no mundo da pornografia em 2006, sob o nome artístico de Rick Angel.

Foi nomeado assessor do Governo de Sarkozy em 2008 e confessa que não foi fácil conciliar a vida de ator pornográfico e a de conselheiro.

Guillaume F. licenciou-se em 1996 pela Escola de Ciências Políticas de Grenoble e até chegar a Assessor Técnico da Secretaria de Estado do Ministério do Interior, foi eleito para vários cargos políticos na região dos Alpes.

«Eu trabalhava 60 horas por semana, ambicionava uma carreira de grande sucesso e tudo aquilo que construí em 10 anos, foi destruído numa tarde», conta Rick Angel.

Uma pen USB deixava na mesa da Ministra do Interior, Michèle Alliot- Marie, levou ao seu despedimento: o equipamento continha alguns dos filmes XXX protagonizados por Rick Angel.

«Não me podem demitir por algo que pertence à minha privacidade. Para além disso, eu não pratiquei essas atividades durante as minhas funções», esclarece Guillaume.

O ex-assessor acredita que os colegas fizeram tudo para vê-lo cair. Guillaume F. chama-lhes «hipócritas» e acusa-os de subir na vida à custa de «cunhas e favores».

A saída do Ministério do Interior pôs um ponto final na sua carreira política. Hoje, Rick Angel dedica-se em exclusivo à pornografia, enquanto ator e produtor de filmes.