logotipo tvi24

Pénis mais pequeno do mundo ganha um iPhone

Site erótico lança concurso que premeia o órgão sexual mais pequeno

Por: Redacção / CL    |   2012-10-14 16:53

Na Dinamarca, um dos países mais pequenos do mundo, o tamanho afinal importa. Nem que seja para ganhar um iPhone.

Um site dinamarquês lançou um concurso que pretende eleger o pénis mais pequeno do mundo. Os participantes têm apenas que enviar uma foto das suas partes íntimas e esperar pela divulgação do vencedor, que ganhará um iPhone.

O site erótico, Singlesex, administrado por Morten Fabricius, de 45 anos, lançou anteriormente um concurso para eleger o pénis mais bonito. Agora é a vez de premiar o tamanho do órgão sexual.

«É uma competição em que o cerne está na masculinidade, a coisa mais importante para um homem. Há tantos homens infelizes, que pensam ser obrigatório ter um pénis enorme, o que não é assim tão normal», refere Fabricius à AFP.

Fabricius espera que o cariz engraçado e peculiar do concurso permita que as pessoas se divirtam com um assunto tido como delicado e que isso lhes dê coragem para postar imagens de forma anónima.

As regras são simples: enviar uma foto do pénis ereto ao lado de uma fita métrica que indique o seu tamanho.

O concurso decorre até 31 de janeiro do próximo ano.

Partilhar
EM BAIXO: Novo iPhone 5 (Reuters)
Novo iPhone 5 (Reuters)

Eles sobem a arranha-céus para tirar selfies
Nova tendência da fotografia nas redes sociais implica edifícios vertiginosos e as melhores vistas das cidades
Um «homem a arder» no meio do deserto
Apesar das condições adversas, o «Burning Man» encheu o deserto de Black Rock com um espectáculo de fogo e de cor
Vídeo mostra casal a fugir de tubarão
Nadavam nas águas de uma praia da Florida, Estados Unidos, quando foram surpreendido pelo animal
EM MANCHETE
As costas históricas de António
Jorge Sampaio, Almeida Santos, Manuel Alegre e Vera Jardim ao lado de António Costa e contra Seguro nas primárias socialistas
Pais vão saber quem são os pedófilos condenados
CGTP quer salário mínimo de 540 euros e aumentos de 3%