«Confesso que eu fiquei muito surpreso em receber esse comunicado. Fiquei muito feliz, primeiro por ter essa oportunidade e também por elas e eles terem tomado essa decisão tão importante. Não esperava celebrar o casamento das minhas quatro irmãs de uma vez só», contou Ademir, citado pelo portal de notícias «G1».

O padre Ademir José Barnabé estava em missão nas Filipinas e não via a família há dois anos. Regressou ao brasil propositadamente para o casamento das irmãs.

 

Adréa, uma das noivas, conta que que a ideia de casarem todas juntas começou quando ainda eram crianças e foi amadurecendo com o tempo. Em abril de 2014, foram surpreendidas com um pedido de casamento coletivo.

«Estávamos em um churrasco de família, começou em tom de brincadeira, mas os quatro noivos fizeram o pedido oficial. Foi muito emocionante», contou a noiva.

Vai ser verdadeiramente uma cerimónia em família, já que o outro irmão será o padrinho e o filho de uma delas será o menino das alianças.