O vencedor anónimo deixou uma carta na portaria da TV Bandeirantes, em Belo Horizonte, dirigida ao jornalista Rodrigo Genta, que tem acompanhado profissionalmente o caso de Matheus. Na carta, que trazia o bilhete premiado agrafado, o vencedor pedia ao jornalista que entregasse o bilhete premiado à família do menino.

 

 

E ainda deixou um post scriptum com um conselho carregado de humor.  “Quem sabe da próxima vez tenhamos mais sorte! Essa passou perto… E fique atento ao prazo de resgate do prêmio”, escreveu em PS.  

 

“Quando recebi o envelope com essa carta e o bilhete, fiquei sem entender por alguns instantes. Minha primeira reação foi correr até a portaria da TV para saber do porteiro quem tinha deixado. Segundo ele, foi um adolescente, de aproximadamente 17 anos, e que não quis se identificar. Fiquei muito emocionado, porque não esperamos ações assim. É muito bacana saber que doou e não quis reconhecimento. Ele fez o bem. Liguei para a mãe do Matheus e ela ficou bastante emocionada. Disse que nem acredita no que está acontecendo, pois as demonstrações de carinho e solidariedade são diárias”, conta Rodrigo Genta citado pelo site Superesportes.

O bilhete premiado foi entregue pessoalmente por Rodrigo Genta à mãe de Matheus. O prémio do bilhete é 719,92  reais (181 euros).