Matteo Clementi e Enrica Apollonio ficaram presos no trânsito quando estavam a caminho do aeroporto de Malta, o que os impediu de fazer o check-in.

Ansiosos para chegar a Itália, o casal decidiu fazer de tudo para conseguir embarcar no voo da Ryanair. Segundo conta o Daily Mail, Mateo, de 26 anos, e Enrica, de 23, forçaram uma porta, passaram a segurança e conseguiram chegar até à porta de embarque.

No entanto, as escadas já tinham sido removidas e os motores do avião já estava ligado. O casal ainda tentou fazer sinais à tripulação para que o avião parasse, mas acabaram detidos e não embarcaram.

Segundo o jornal, Enrica celebrava o 23º aniversário e queria passá-lo com a família. Acabou por passar o dia de anos numa cela. 

O casal foi multado em 2.329 euros.

Em comunicado, o Aeroporto de Malta (MIA) explicou que "os passageiros forçaram uma porta de emergência da área de partidas e não uma porta de segurança".

"As ações do casal italiano ficaram fora do controlo do aeroporto, não tendo resultado de nenhuma negligência do comportamento do staff de segurança (...). O aeroporto lamenta que as férias em Malta tenham acabado desta maneira, mas lembra os passageiros que a segurança é de extrema importância em qualquer aeroporto e que este incidente não pode ser tratado de ânimo leve", pode ler-se.