Um homem morreu, na madrugada desta quinta-feira, em Manaus, Brasil, quando efetuava um assalto a um pequeno autocarro que transportava dez funcionários de uma empresa de produtos eletrónicos.

O assaltante, que estava acompanhado por mais quatro homens, teve morte súbita, tendo os restantes elementos do grupo obrigado as vítimas a retirar o corpo do autocarro, depois de recolherem os seus pertences.  

Segundo o G1, os cinco homens, armados com espingardas, aproveitaram-se do momento em que o pesado parou para deixar sair uma passageira para conseguir entrar no autocarro. Três deles mantiveram-se do lado de fora, tendo os outros dois entrado no veículo e ameaçado os passageiros. Foi quando começaram a recolher os objetos de valor que um dos homens caiu ao chão, morrendo em seguida.

“Eles estavam drogados e nervosos. A situação é tão absurda, que além de nos roubar, ainda exigiram que carregássemos o corpo”, disse uma das vítimas que não quis ser identificada.


As vítimas alertaram a Polícia Militar, que ainda conseguiu identificar e deter dois dos assaltantes.

Segundo a Martins Rent a Car, que presta o serviço de transporte à empresa das vítimas, este é já o sexto assalto ao mesmo autocarro no espaço de dois meses.