O quarto filho de Niv e Erica Davidovich nasceu na última sexta-feira, de forma algo inusitada. O bebé adiantou-se e nasceu a bordo de um carro da Uber, que transportava os pais para o hospital. Aconteceu em Los Angeles, nos Estados Unidos. 

Niv e Erica estavam em casa e preparavam-se para o Shabat, o dia de descanso semanal dos judeus, quando a mulher sentiu fortes contrações. Por motivos religiosos, Niv não conduz no Shabat e, por isso, mandou vir um carro da Uber. 

Poucos minutos depois de iniciar a viagem, o bebé deu mostras de querer vir ao mundo mais cedo. O motorista conduziu cerca de duzentos metros até a mulher dizer para ligar para o 911 (número de emergência dos EUA).

 Eu pensei que ela estava a ter contrações muito fortes, e que o bebé não ia nascer logo. Ela disse que a cabeça já estava a ver-se, olhei para baixo e ela estava correta o bebé estava a nascer. O motorista estava a fazer tudo o que podia. Ele estava a tentar chegar o mais rápido possível ao hospital”, disse Niv Davidovich, em declarações à ABC News.

O motorista parou frente a uma mercearia no bairro de Sherman Oaks, enquanto ligava para o 112. Enquanto isso, Erica estava a dar à luz no banco traseiro.

Peguei numa toalha e tapei o bebé. O motorista ainda estava ao telefone com a equipa de emergência. Ele foi incrível", afirmou Niv Davidovich.

O bebé nasceu com 2,800 quiloa, a equipa de emergência chegou pouco tempo depois, encaminhando a mãe e o bebé para o hospital.  

O Departamento de Bombeiros de Los Angeles confirmou na página do Facebook que o motorista da Uber foi o principal responsável pelos primeiros socorros.

 

Por razões religiosas, o bebé ainda não tem nome. "Toda a gente está a dizer para pormos o nome de Uber ao bebé, mas não podemos fazer isso, por mais engraçado que seja”, brinca o pai

O bebé junta-se, assim, às três irmãs: Chana, de cinco anos, Rivka, de três, e Elisheva, de um.