Uma menina canadiana está a ser aclamada como uma heroína, depois de ter salvo a família de um acidente de carro, no dia 8 de junho. Lexi Shymanski, de apenas cinco anos, saiu do carro e subiu descalça uma ravina com 12 metros para pedir ajuda aos condutores que passavam na estrada.

A mãe de Lexi, Angela Shymanski, adormeceu ao volante e perdeu o controlo da viatura, enquanto regressava de férias para British Colombia, no Canadá, com os dois filhos. O veículo despenhou-se numa ravina com 12 metros e a queda fez com que os passageiros ficassem inconscientes.

Lexi despertou, com apenas alguns arranhões, mas deparou-se com a mãe e o irmão feridos. Angela tinha partido a coluna e o filho mais novo, Peter, com apenas 10 semanas, sofreu uma lesão craniana grave.

A menina conseguiu desapertar o cinto e sair do carro. Em pânico, Lexi subiu a encosta do aterro, descalça, para pedir ajuda. A rapariga acenou aos carros que passavam na estrada e conseguiu chamar a atenção de um homem, que se apressou a chamar uma ambulância.

Por coincidência, o condutor que parou para ajudar era um paramédico.
   

“Só consigo lembrar-me de uma ou duas vezes em que ela tenha conseguido desapertar o cinto antes. De alguma forma conseguiu sair, devido à adrenalina ou qualquer outra coisa, e subiu a encosta. É impressionante! O homem que foi ver-nos ao hospital disse que os médicos e os bombeiros precisaram de usar cordas para subir e descer a ravina e ela fê-lo descalça”, afirmou Angela, em entrevista ao jornal Metro News.


Os três passageiros foram levados para o hospital. Se Angela não tivesse recebido auxílio imediato podia ter morrido ou ficado paralisada para o resto da vida.

Seis semanas depois, Angela e Peter estão ainda em recuperação, mas os médicos garantem que os dois vão ficar bem.

Foi criado um fundo no site GoFundMe para ajudar a com os custos dos tratamentos da família.