É um caso em que a ficção inspira a realidade. Um médico alemão conseguiu diagnosticar um problema raro num paciente, depois de ter assistido a um caso semelhante na série norte-americana «Dr. House». O paciente de 55 anos apresentava um envenenamento por cobalto, quando todos os médicos acreditavam que precisaria de um transplante de coração. Todos os médicos, exceto o clínico alemão Jüergen Schaefer, um fã incondicional da série protagonizada por Hugh Laurie.

De acordo com o «Huffington Post», um paciente alemão sofria de insuficiência cardíaca grave, a que se juntava um conjunto intrigante de sintomas, onde se incluem febre, cegueira, surdez e aumento de gânglios linfáticos.

Quando todos os médicos julgavam que o paciente precisava de um transplante de coração, Jüergen Schaefer conseguiu provar que o homem de 55 anos apresentava um envenenamento provocado por elevados níveis de cobalto, na sequência de uma operação à anca.

«Cinco minutos depois, fiquei a perceber o que o doente tinha», afirmou ao «Huffington Post», o clínico que trabalha no Centro para Doenças Não Diagnosticadas, em Frankfurt, na Alemanha.

Jüergen Schaefer contou que usa regularmente o exemplo de episódios de séries para dar palestras e ensinar estudantes de Medicina. Atualmente é conhecido como «Dr. House alemão», já que o personagem interpretado pelo ator Hugh Laurie se destacou por diagnosticar doenças raras.