O dono de um café em Itália deu uma sandes a um mendigo e acabou por ser multado. Logo após a boa ação, recebeu uma coima por não ter emitido um recibo referente à «transação».

O caso aconteceu no estabelecimento de Salvatore Picardi, que fica no centro histórico de Marigliano, cidade perto de Nápoles, no sul da Itália.

Quando Picardi deu a sandes ao mendigo, dois inspetores das Finanças (Guardia di Finanza, autoridade tributária italiana), também estavam no café. Logo depois do gesto, os inspetores passaram a multa ao proprietário, alegando que segundo a legislação italiana, todas as transações têm que ser registradas para fins tributários, incluindo doações.

O dono do estabelecimento ficou indignado: «Vou continuar a doar comida, mas fatos como este podem acabar por levar as pessoas a mostrarem menos solidariedade no dia-a-dia».

O caso passou rapidamente a gerar revolta nas redes sociais do país, especialmente porque a chefia da «Guardia di Finanza» tinha declarado no início do ano que iria concentrar-se no combate à evasão de grandes somas de dinheiro.

A multa em causa varia entre 150 a 2500 euros.