Uma mulher de 92 anos acordou dentro de um caixão horas depois de ter sido declarada como morta no lar onde vivia, avança o Daily Mail. O incidente aconteceu na semana passada.

«Onde raio estou eu?», perguntou a idosa quando acordou, causando o desmaio do cangalheiro que a viu de olhos abertos e a murmurar.

Segundo o jornal, uma empregada do lar em Gelsenkirchen onde a mulher vivia, encontrou-a sem respirar e chamou um médico. O profissional de saúde declarou o óbito e ordenou o envio do corpo para a funerária, onde a idosa viria a acordar.

Depois encontrar a mulher de olhos abertos e com pulso, o diretor da funerária chamou uma ambulância que transportou a idosa para o hospital. No entanto, a nonagenária acabou por ficar doente e faleceu na segunda-feira.

A polícia está a investigar o que terá levado o médico a declarar a morte. O diretor do lar, Lother Burger, garantiu que não percebe o que se passou. 

«Isto é terrível e inexplicável. Estamos a ser muito criticados. Estamos a ser devorados pela imprensa», afirmou.