Os homens só entram na vida adulta aos 54 anos. O número, bastante preciso, foi revelado através de uma pesquisa realizada pelo Centro Crown Clinic, em Manchester, onde o estudo mostra que, aos 40 anos, os homens ainda não deixaram para trás as suas inseguranças juvenis.

Segundo o jornal «The Telegraph», o estudo - com mil homens - sugere que os homens levam mais tempo do que as gerações passadas para atingir este patamar, principalmente por causa das pressões financeiras e da paternidade, pois dois terços dos bebés nascem de pais com mais de 30 anos.

O estudo afirma que os homens apenas se sentem «resolvidos e seguros» com esta idade e isso deve-se às suas inseguranças, que não os deixam amadurecer mais jovens.

«Estamos a viver muito mais e, com os custos de vida a aumentar e a paternidade a ser adiada, os homens levam, inevitavelmente, mais tempos para se sentirem resolvidos», afirmou Asim Shahmalak, da Crown Clinic.

Sobre as inseguranças, o estudo revela que os homens têm medo de não conseguir comprar a primeira casa, perder o cabelo e ficar desempregado.