Os habitantes da vila galega de As Pontes, na Galiza, ficaram surpeendidos quando a anual Feira do Grelo se transformou na Feira do clítoris, devido a um erro de tradução do Google Tradutor.

A Feira realiza-se todos os domingos de Carnaval, desde 1981, em As Pontes de Garcia Rodríguez, servindo para celebrar os grelos, que são a especialidade local. Contudo, o problema surgiu quando a versão em castelhano da página oficial do município traduziu a Feira do Grelo para a Feira do clítoris.
 

 

O erro foi descoberto na última quinta-feira pela autarquia galega, acabando por ser corrigido ainda no mesmo dia. O caso deu que falar nas redes sociais e nos jornais La Voz de Galicia e The local ES e depressa chegou aos internacionais como o The Guardian ou The Huffington Post .

A porta-voz da autarquia de As Pontes ficou indignada com a situação e culpa a Google por ter assumido a palavra “grelo” como portuguesa:  "O Google Tradutor reconheceu a palavra grelo como portuguesa, traduzido-a para a palavra clítoris em espanhol", afirmou ao primeiro jornal.

A autarquia considera ainda que é inaceitável o facto de o Google Tradutor não reconhecer o galego, traduzindo as palavras para português. Por isso, pretende fazer queixa.

"É um erro muito grave por parte da Google e estamos a pensar fazer uma queixa oficial para que a Google passe a reconhecer corretamente a língua galega para que este tipo de situações não volte a acontecer novamente"


A tradução do texto para castelhano era esta:
"El clítoris es uno de los productos típicos de la cocina gallega. En Puentes homenaxéaselle desde 1981, todos los domingos de Carnaval, con rapini, Feria que, con el patrocinio del Consejo de Puentes, de apoyo a los agricultores de la región, hace del clítoris uno de los productos estrella de la gastronomía local".

O galego é uma língua oficial falada por 2,4 milhões de pessoas. A Feira do Grelo decorre a partir de 15 de fevereiro de 2016.