Um casal norte-americano residente em Stamford, Estado de Connecticut, viu-se obrigado a ligar para a linha de emergência para que a polícia viesse a sua casa ajudar a controlar a seu gata de estimação, que os impedia de entrar em casa.

Por volta da 1:30 da manhã da última quarta-feira, depois de três a quatro horas sem conseguir entrar em casa, o homem, identificado pela CBS New York como Mohammed Lokman, decidiu ligar para o 112 e pedir ajuda da polícia.

O homem começa por dizer que tem um problema e não consegue entrar em casa, explicando logo de seguida que a culpada é a sua gata, que o arranhou e mordeu.

“Tenho um problema em casa. Não consigo entrar. (…) A minha gata está demasiado agressiva e já me atacou, arranhou-me a perna e mordeu-me. Eu e a minha mulher estamos na rua e não conseguimos entrar há três ou quatro horas. (...) Está muito agressiva e chateada".


A operadora incrédula pergunta: “Ok, disse uma gata?”

Lokman acrescenta que a gata tinha tido uma cria há pouco tempo e que tem estado estranha. A operadora acaba por atender ao pedido e envia a ajuda requisitada.

Segundo a FOX CT, a polícia acabou por intervir e conseguiu que o casal voltasse a entrar em casa. Os agentes deixaram ainda o aviso aos donos para que se mantivessem afastados do animal durante o resto da noite.

Oiça a chamada logo abaixo (áudio em inglês)