O departamento de polícia da cidade de Ohio, nos Estados Unidos da América, publicou uma foto do norte-americano Donald "Chip" Pugh na página oficial no Facebook na tentativa de o encontrar. Mas o que os agentes não esperavam era que o próprio visado lhes enviasse uma “selfie” para que a colocassem no lugar da fotografia publicada, pois, de acordo com o próprio procurado, ele estava “muito feio”.

A agência Reuters refere que Donald “Chip” Pugh, de 45 anos, é um fugitivo da polícia. Depois de falhar uma apresentação em tribunal, na cidade norte-americana de Lima, as autoridades divulgaram a fotografia no Facebook, na semana passada, para alertar os cidadãos em relação à situação.

Mas como até os fugitivos têm direito a reclamar do próprio aspeto quando está menos favorecido, “Chip” decidiu enviar à polícia de Lima uma imagem mais favorecida: uma “selfie” sua dentro de um carro, de fato e com óculos, conforme escreve o “Washington Post”.

“Aqui está uma foto melhor, a outra está horrível”, escreveu Donald “Chip” Pugh na mensagem enviada com a nova fotografia, onde surge mais favorecido.




A polícia publicou a nova fotografia e não se esqueceu de "lhe agradecer por ser prestativo". Acrescentou a imagem à publicação e pediu-lhe, no entanto, que se preocupasse em apresentar-se no departamento policial para "falar sobre as acusações". De acordo com a polícia de Lima, Donald Pugh é ainda procurado por ser uma "pessoa de interesse" em casos de incêndio criminoso e vandalismo.

Entretanto, outra fotografia foi adicionada à publicação, cortesia da esquadra de polícia de Escambia, na Florida.

“Hey, polícia de Lima, apanhámo-lo. Talvez goste mais desta foto”, escreveram as autoridades de Escambia na publicação original.

 
 

There is an active warrant for the arrest of Donald A "Chip" Pugh, age 45 of Lima, for Failure to Appear. Mr. Pugh is...

Publicado por Lima Police Department em  Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2016
 
 
Neste momento, estão três fotografias de Donald Chip” Pugh nas redes sociais e sabemos que, pelo menos uma delas, está de acordo com o seu gosto.

Entrevistado pela rádio "104.9 Eagle" pela ousadia que teve em enviar a “selfie”, o fugitivo disse que se sentiu humilhado com a imagem publicada pela polícia.

"Eles puseram uma fotografia em que eu parecia um Thundercat ou algo parecido", explicou Chip Pugh, referindo-se aos desenhos animados infantis.


O caso está a ser muito comentado nas redes sociais e até foi criada uma  página no Facebook a pedir a libertação de Donald Pugh, apesar de este não estar detido, e a brincar com as autoridades policiais de Lima.

Na entrevista à rádio, Donald Pugh desvalorizou as acusações que recaem sobre ele. Afirmou que foi preso por condução sob o efeito de álcool em novembro e "simplesmente" decidiu "não ir" à sessão do tribunal.

"Os jornais de Lima agem como se eu tivesse incendiado a casa de alguém", explicou Donald Pugh, que admitiu que se divertiu com a publicação no Facebook.

"Eu fi-lo por todos os meus amigos idiotas", explicou.