Entrevistas em direto interrompidas por filhos já não são novidade, mas agora há um novo momento viral nas redes sociais: um gato subiu para a cabeça de um especialista em política durante uma entrevista televisiva para um canal holandês.

Jerzy Targalski, um historiador e cientista político da Polónia, estava a dar uma entrevista em direto à Dutch TV quando o insólito aconteceu.

O jornalista e o comentador falavam da expulsão forçada do juiz polaco Malgorza Gersforf pelo governo da Polónia quando o debate sério foi interrompido por um grande gato cor de laranja.

Lisio, é assim o nome do animal, subiu primeiro para o ombro do dono e, depois, para a cabeça. Targalski, surpreendentemente, continuou a falar sobre o assunto que justificava a entrevista.

Este não é o primeiro caso de interrupções em direto. No ano passado, um professor de ciência política, convidado pela BBC, foi interrompido pelos filhos em plena entrevista ao canal britânico.

Dias depois, também se tornou viral o caso de uma mãe, também em entrevista à BBC, interrompida pela filha que conseguiu fazer várias tarefas enquanto falava: conseguiu dar o biberão à filha mais velha, tirar um frango do forno, desativar uma bomba e até procurar uma meia desemparelhada.

Já este ano, um novo "momento BBC": um professor e historiador de cinema na universidade de St Mary’s, na Califórnia, estava em entrevista por Skype para a televisão Al Jazeera quando foi interrompido pelo filho tornando-se viral.

Estes três episódios foram agora destronados pelo gato Lisio, cujo dono não tirou do plano. Optou apenas por desviar a cauda da cara para continuar a falar.