O presidente da Câmara de Vereadores de Ribas do Rio Pardo, em Mato Grosso do Sul, no Brasil, fugiu de pijama, pela janela, durante a madrugada, depois de a polícia lhe ter batido à porta para executar um mandado de captura. Adalberto Alexandre Rodrigues, conhecido por «Betinho», é acusado de desviar cerca de 3,5 milhões de reais (cerca de 1,1 milhões de euros) de dinheiros públicos.
 
Na última semana, a polícia bateu à porta do político, às 06:00 da manhã, depois de dias a vigiar a residência. «Betinho» saltou pela janela e nem sequer trocou de roupa: fugiu de pijama mesmo, de acordo com a imprensa brasileira.

Quem acabou por abrir a porta aos polícias foi a mulher de Adalberto, vários minutos depois de a polícia ter tocado. A mulher disse que o marido não estava em casa, mas a polícia tinha estado a vigiar a residência e tinha-o visto entrar, mas não a sair.
 
Pressionada pelos agentes, a mulher acabou por revelar que o marido tinha fugido pela janela do quarto.