Um novo calendário criado por cristãos ortodoxos romenos, com modelos masculinos musculosos vestidos de padres, em poses sensuais e quase sem roupa, está a causar burburinho na comunidade cristã. Os modelos da edição 2014 do «Orthodox Calendar» (Calendário Ortodoxo) posam a favor do casamento «gay» dentro da Igreja Ortodoxa.

De acordo com o Daily Mail, a primeira edição do Calendário Ortodoxo foi lançado em 2012 por um grupo de cristãos ortodoxos originários de países do Leste da Europa, anteriormente sob domínio soviético.

Um dos organizadores do calendário explica ao «The Huffington Post» que nenhuma das fotos foi tirada com sacerdotes verdadeiros. Os modelos são cristãos membros da Igreja Ortodoxa que decidiram despir-se a favor de uma causa: que o casamento homossexual seja permitido pela Igreja.

O tema do calendário é «Liberdade de expressão, unidade e tolerância». O principal objetivo é demonstrar que os crentes ortodoxos têm as suas paixões, preferências, interesses e desejos individuais. Ao mesmo tempo, o calendário tem uma abordagem irónica à Igreja Ortodoxa, que nos últimos anos se envolveu em vários escândalos de corrupção, repressão artística, encobrimentos de escândalos homossexuais, além de um comportamento homofóbico.

Veja aqui o «making of» da sessão fotográfica do «Orthodox Calendar» 2014.