Um jovem norte-americano segue aquilo a que chama «dieta do lixo». Só consomem produtos que retiram de caixotes do lixo ou de depósitos de detritos de supermercados e feiras. Thrifty e Maximus, que moram em Massachussets, nos Estados Unidos, fazem parte de um grupo que se auto-intitulam Freegans e não gastam um tostão em alimentação.

A intenção do grupo é também protestar contra o capitalismo desenfreado e, principalmente, contra o desperdício causado pelo consumo inconsciente.

Mas alimentarem-se de lixo não significa comer mal ou comida estragada. Na busca por alimentos, escolhem muito bem eliminam os que estão estragados, usando apenas os de boa qualidade para cozinhar em casa.