Uma chinesa teve relações sexuais com um dos padrinhos do seu casamento na manhã seguinte à cerimónia por se ter enganado no quarto, no regresso da casa de banho. O caso aconteceu em Guangxi, China, avançou esta quarta-feira o portal «G1».

A mulher estava deitada com o marido e levantou-se para uma ida à casa de banho, no regresso acabou por se enganar no quarto e deitar-se com um dos padrinhos, que ao sentir a mulher tratou de a acariciar levando ao ato em questão.

A noiva diz que só se apercebeu que o homem em questão não era o seu marido após o ato. Acabou por processar o padrinho por abuso sexual, exigindo uma indemnização de 2400€.

Recusando pagar a quantia o padrinho ainda foi levado a tribunal, mas o juiz acabaria por decidir que o homem não tinha culpa, uma vez que quem se enganou no quarto foi a noiva.