Uma escola de Pequim criou uma solução para permitir que as crianças continuem a praticar atividades desportivas e lúdicas, apesar da poluição atmosférica que tem atingido niveis perigosos para a saúde na capital chinesa, nas últimas semanas. 

A escola resolveu construir um mega ginásio, com as condições ideais para centenas de crianças brincarem e praticarem exercício físico sem estarem expostas ao ar poluído.

O ginásio contém um sistema de filtragem do ar que protege as crianças de partículas microscópias, que se alojam nos pulmões e são prejudiciais à saúde.
Nas últimas semanas, a poluição na China superou 50 vezes os níveis considerados aceitáveis para a saúde. As partículas criaram uma nuvem tão densa, que bateu recordes em algumas cidades chinesas, tal como aconteceu com Pequim, que esteve em alerta laranja. O Governo aconselhou as pessoas a evitarem atividades ao ar livre.

Os problemas de saúde associados à poluição atmosférica já estão a preocupar os habitantes e as ideias engenhosas já começam a surgir. Uma escola primária, na província de Hebei, criou um conjunto de movimentos de Kung Fu com o intuito de evitar os efeitos da poluição atmosférica no corpo humano. 

Matt Hope, um artista com 37 anos, residente em Pequim, construiu uma bicicleta com um respirador anexado. Também o artista Kong Ning inventou um vestido de casamento com 999 máscaras anti-poluição, de forma a sensibilizar o público para a proteção do ambiente, descreve o Daily Mail